top of page

Eixo cardíaco: como encontrar e para o que serve?

A análise minuciosa do eletrocardiograma (ECG) envolve diversas etapas (se quiser conhecer nosso roteiro de análise do ECG, faça o download AQUI). Uma das etapas que mais gera dúvidas aos alunos é a identificação do eixo cardíaco.


De uma maneira bem simples, identificar o eixo do QRS significa que identificamos o sentido da despolarização do ventrículo esquerdo. Algumas bibliografias pontuam que o eixo normal fica de 0º a +90º. No entanto, a diretriz de ECG da SBC determina que o eixo normal varia de -30º a +90º.


eixo QRS ECG coração
O eixo cardíaco normal ao eletrocardiograma (ECG)

Podemos analisar o eixo QRS de uma maneira bem simples através da técnica dos quadrantes modificada. Esta técnica envolve a análise de apenas 2 derivações (DI e aVF - derivações perpendiculares - 0º e 90º). Se o QRS estiver positivo (onda R maior que Q ou S) em ambas derivações, podemos dizer que o eixo cardíaco é normal!

Se o QRS estiver positivo em DI e negativo em aVF, podemos ter desvio do eixo para esquerda! Com isso, basta olhar para DII (derivação perpendicular a -30º). Se DII estiver positivo, o eixo é normal. Veja um sumário da análise dos quadrantes abaixo:



Quadrantes do eletrocardiograma permitindo a identificação do eixo QRS ao identificar DI e aVF
Análise dos quadrantes mofidicada

Mas, por que é importante identificar o eixo cardíaco?


Algumas condições patológicas irão modificar o eixo. Por isso, devemos ficar atentos em casos onde o eixo está desviado. As condições estão descritas na tabela abaixo:


Causas de desvio de eixo cardíaco
Causas de desvio de eixo cardíaco

Curtiu esse conteúdo? Quer aprender mais eletrocardiografia conosco? Conheça nossa escola de ECG. Diversos cursos para você finalmente entender o ECG. Clique AQUI.


Escrito por:


2.116 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page