• Bruno Ferraz

Situações que podem gerar um teste ergométrico falso-positivo


As situações abaixo podem gerar falsamente um resultado positivo ao teste ergométrico, exceto:

A) Obstrução ao trato de saída de VE

B) Distúrbios hidroeletrolíticos

C) Síndrome X

D) Antidepressivos tricíclicos

E) Veias varicosas em membros inferiores

Resposta:

Em repouso, a doença arterial coronariana normalmente se manifesta com poucos sintomas e alterações inespecíficas do eletrocardiograma. O teste ergométrico é uma ferramenta útil na investigação de cardiopatia ao expor o coração à níveis incrementais de exercício.

A presença de depressão do segmento ST (padrão horizontal ou descendente lento) falam a favor de isquemia coronariana, assim como a falência na elevação da pressão arterial durante o exercício.

O teste ergométrico é um exame seguro com taxas de complicações baixas. Não deve ser realizado em pacientes com estenose aórtica severa, embolia pulmonar e na fase aguda do infarto do miocárdio.

A taxa de testes falso-positivos aumenta com a idade e pode chegar a 20% dos casos. São situações que podem causar testes falso-positivos: Miocardiopatias, hipertensão arterial, cardiomiopatia hipertrófica obstrutiva, estenose aórtica, hiperventilação, síndrome X, alterações eletrolíticas e uso de antidepressivos tricíclicos.

Portanto, a resposta incorreta é o item E: Veias varicosas em membros inferiores


Postado por:


BRUNO FERRAZ DE OLIVEIRA GOMES

Médico rotina do Unidade Cardiointensiva do Hospital Barra D'Or

Ecocardiografista do Hospital Barra D'Or

Diretor Administrativo do Departamento de Doença Coronária da SOCERJ

Intensivista no Hospital Federal Cardoso Fontes

Mestrando em Engenharia Biomédica na COPPE/UFRJ

Título de especialista em cardiologia e terapia intensiva

www.drbrunoferraz.com.br

#testeergométrico #falsopositivo