• Bruno Ferraz

Escore de risco de Framingham


O Escore de Risco de Framingham é utilizado para realizar estimativa de doença cardiovascular em 10 anos. Ele é baseado no estudo da cidade de Framingham (EUA) que foi iniciado em 1948 com 6 mil participantes e se mantém até a atualidade.

Quais são os três fatores de risco cardiovascular que não são contemplados no escore de risco de Framingham.

A) História familiar de Doença coronariana, uso de medicação para Hipertensão arterial e valor do HDL colesterol.

B) Dieta, Obesidade e Sexo.

C) Pressão arterial sistólica, Diabetes e aumento de Colesterol total.

D) Aumento do colesterol total, Obesidade e Sexo.

E) História Familiar de DAC, aumento do LDL colesterol e Obesidade.

RESPOSTA:

O Escore de Risco de Framingham é calculado para estimar a probabilidade do surgimento de doença cardiovascular em 10 anos.

São utilizados os seguintes critérios: sexo, idade, Colesterol total, HDL colesterol, Pressão arterial sistólica, uso de medicação para hipertensão arterial, Tabagismo, Diabetes mellitus e doença vascular conhecida Doença coronariana (DAC), AVE ou doença arterial periférica)

A ausência de história familiar de DAC, do valor do LDL colesterol, do peso corporal (obesidade) e dieta são questionados neste escore. Como estes fatores de risco são atualmente reconhecidos como relevantes, certamente eles fazem falta neste escore de risco.

Apesar disso, o Escore de Framingham continua sendo o mais utilizado na prática clínica.

Portanto, a resposta incorreta é o item E: História Familiar de DAC, aumento do LDL colesterol e Obesidade.


Postado por:


Henrique Thadeu Periard Mussi

Titulo de especialista em Cardiologia SBC

Professor substituto de Cardiologia UFRJ 2014-2016.

Mestrando em Ciências Médicas pela UERJ

Médico da unidade cardio-intensiva dos Hospitais Barra D'or e Samaritano Botafogo

#framingham

2,668 visualizações

Questões em Cardiologia Cursos LTDA

CNPJ: 35.622.540/0001-91

Todos direitos reservados