• Bruno Ferraz

Pericardite aguda: alterações eletrocardiográficas


Com relação às alterações eletrocardiográficas decorrentes da pericardite aguda, assinale a opção correta:

A) O estágio 4 da pericardite aguda ocorre entre 2 e 3 semanas após o início dos sintomas.

B) Na pericardite aguda, a relação ST-T, mais bem observada em V6, é menor que 0,25 e o diagnóstico será diferencial com repolarização ventricular precoce.

C) Classicamente, o estágio 1 da pericardite aguda apresenta elevação difusa do semento ST-T e ondas T negativas.

D) A normalização do ST-T sinaliza o estágio 2 da pericardite aguda.

E) O estágio 3 da pericardite aguda caracteriza-se por normalização das ondas T.

Resposta:

Pericardite é uma inflamação do pericárdio caracterizada por dor torácica, atrito pericárdico e alterações eletrocardiográficas. O eletrocardiograma é uma ferramenta que pode ajudar bastante no diagnóstico diferencial. Sobre as alterações gerais que falam a favor de pericardite, podemos citar:

- Presença de supradesnivelamento de ST difuso. A elevação do segmento ST no infarto geralmente é convexa com alterações recíprocas, diferente da pericardite que geralmente é côncavo e sem alterações recíprocas.

- A repolarização não progride através dos estágios da pericardite e está raramente associado com depressão de PR. Monitoramento de ECG em pacientes jovens com dor torácica ajuda o diagnóstico diferencial de repolarização precoce e pericardite.

- Uma razão ST-T de 0,25 ou mais em V6 ajuda a distinguir pericardite de repolarização precoce.

- Pacientes com pericardite não alargam o QRS nem encurtam o intervalo QT

Além disso, dependendo do estágio da doença o eletrocardiograma pode mostrar alterações diferentes a saber:

Estágio 1 (primeiras duas semanas): Elevação do segmento ST em todas derivações, com exceção de aVR, V1 e DIII. Depressão de PR normalmente acompanha a elevação do ST.

Estágio 2 (1 a 3 semanas): Normalização das alterações do segmento ST. Ocorre um achatamento difuso da onda T em todas as derivações. Esse período também é chamado de pseudonormalização.

Estágio 3 (3 semanas ou mais): Caracterizada por inversão da onda T achatada.

Estágio 4 (Algumas semanas): Normalização completa do ECG

Portanto, a resposta correta é letra D.


#pericardite #alteraçõeseletrocardiográficas

0 visualização