• Bruno Ferraz

Insuficiência Cardíaca e dispositivos


Um paciente com insuficiência cardíaca de etiologia isquêmica está em classe funcional III (três) e vem à consulta pois no mês passado apresentou dois episódios de síncope. É hipertenso e tabagista, e teve um infarto do miocárdio há 3 anos. Está em uso de carvedilol 50 mg/dia, losartana 100 mg/dia, espironolactona 25 mg/dia, furosemida 80 mg/dia, digoxina 0,25 mg/dia, hidroclorotiazida 25 mg/dia, clopidogrel 75 mg/dia e rosuvastatina 10 mg/dia. Apresenta eletrocardiograma em ritmo sinusal e bloqueio completo do ramo esquerdo, com QRS de duração de 160 ms e ecocardiograma transtorácico com fração de ejeção do ventrículo esquerdo de 25% e regurgitação mitral moderada. Estudo de cintilografia do miocárdio mostra ausência de isquemia e/ou viabilidade. Holter de 24 horas mostra ritmo sinusal, com frequência cardíaca média de 110 bpm, oscilando entre 60 e 150 bpm, com vários episódios de taquicardia ventricular não sustentada. Sobre o uso de marca-passos neste cenário clínico, assinale a opção correta.

A. Está indicado o uso de dispositivo com função de ressincronizador biventricular e cardioversor- desfibrilador implantável (CDI).

B. Está indicado o uso de marca-passo bicameral apenas, tipo DDDR.

C. Está indicado o uso de marca-passo apenas com função de ressincronizador biventricular.

D. Está indicado o uso de dispositivo apenas com função de cardioversor-desfibrilador implantável (CDI).

E. Não está indicado nesta situação o uso de marca-passo, nem qualquer outro dispositivo eletrônico, pois não há ganho de sobrevida.

Fonte: FUNCAB - Prova Médico Cardiologista - Prefeitura de Vila Velha

Resposta:

Trata-se de um doente com IC de etiologia isquêmica que, apesar do aparente tratamento clínico otimizado (drogas para IC em doses otimizadas), mantém sintomas aos mínimos esforços (CF III NYHA). Foi excluída a possibilidade de novo evento isquêmico (possível causador dos sintomas) através da cintilografia. Além disso, vem apresentando episódios de síncope com arritmias ventriculares documentadas ao Holter. Observando os slides abaixo que resumem as diretrizes européias, vemos que este paciente se encontra com indicação de implante de CDI e ressincronizador. Portanto, a resposta é item 1️⃣:

✅ Está indicado o uso de dispositivo com função de ressincronizador biventricular e cardioversor- desfibrilador



implantável (CDI).

#insuficienciacardiaca

169 visualizações

Questões em Cardiologia Cursos LTDA

CNPJ: 35.622.540/0001-91

Todos direitos reservados