• Bruno Ferraz

Quais são os fatores de risco para morte súbita cardíaca?


Em geral, muitos dos principais fatores de risco para morte súbita cardíaca (MSC) também são fatores de risco para doença isquêmica coronariana. Vamos comentar alguns fatores de risco abaixo: 👉Tabagismo: Fumantes ativos possuem risco mais de 2x superior de MSC a quem nunca fumou. A interrupção do tabagismo configurou em redução de risco progressivo com o passar dos anos. 👉 Exercício físico: O risco de SCA aumenta transitoriamente durante e até 30 minutos após o exercício EXTENUANTE em comparação com outros momentos. Esse risco é maior em homens que não se exercitam regularmente. Em contrapartida, o pequeno aumento transitório do risco durante o exercício é compensado pela redução do risco de SCA em outros momentos. Exercício regular está associado à menor frequência cardíaca em repouso e maior variabilidade da frequência cardíaca, fatores que reduzem o risco de MSC. 👉 História familiar de SCA: Este achado aumenta em quase 2x o risco de uma SCA. O aumento do risco não é explicado pelos fatores de risco tradicionais.



👉 Alcoolismo: consumo pesado de álcool (seis ou mais bebidas por dia) ou consumo excessivo de álcool aumenta o risco de MSC. 👉 Cafeína: A ingestão excessiva de cafeína tem sido investigada como um potencial fator de risco para SCA. Nos dados limitados disponíveis, nenhuma associação significativa entre ingestão de cafeína e SCA foi encontrada. 👉 Stress: Estudos clínicos sugeriram uma possível relação entre situações de estresse agudo e o risco de SCA. Grandes desastres, como terremotos e guerras, resultam em um rápido aumento transitório na taxa de SCA nas populações. 👉 Proteína C reativa (PCR) elevada: A inflamação crônica, manifestada em parte por concentrações séricas elevadas de PCR, tem sido implicada como fator de risco para uma variedade de doenças cardiovasculares (incluindo SCA e AVC). A PCR sérica elevada também está associada a um risco aumentado de SCA. 👉 Ácidos graxos não esterificados: Concentrações elevadas de ácidos graxos não esterificados (ácidos graxos livres) no plasma foram associadas a arritmias ventriculares e MSC após um infarto do miocárdio. Fonte: Overview of sudden cardiac arrest and sudden cardiac death, UptoDate.com (acesso em 15/03/2022)



 

Vamos praticar esses conceitos em uma questão da prova de título de cardiologia?


[PROVA TEC 2019] Com referência aos fatores de risco para morte súbita, é INCORRETO afirmar que:


A) A cardiomiopatia hipertrófica, quando é do tipo não obstrutiva, não se constitui marcador de risco para morte súbita.


B) A incidência de morte súbita em crianças abaixo de 1 ano é similar à incidência em adultos de meia-idade ou mais velhos.


C) A síndrome do QT longo congênito é um contribuinte genético para o risco de morte súbita.


D) A doença arterial coronariana é a principal base estrutural para o risco de morte súbita.


E) A morte súbita cardíaca pode ser a primeira manifestação de doença coronária em até metade dos casos.


O comentário da questão está abaixo!



Escrito por:


55 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo