• Bruno Ferraz

Óxido nítrico: regulador do fluxo coronariano


A respeito do óxido nítrico, podemos afirmar, EXCETO:

  1. O óxido nítrico é produzido a partir da L-arginina pela NO-sintetase

  2. O óxido nítrico têm efeito vasodilatador, mediado por aumento do cálcio intracelular

  3. Bradicinina estimula a produção de óxido nítrico

  4. O óxido nítrico participa diretamente da regulação do fluxo coronariano

  5. Em diabéticos, a disfunção endotelial compromete a produção de óxido nítrico

RESPOSTA:

O óxido nítrico é produzido a partir da L-arginina pela enzima NO-sintase no endotélio, produzindo efeito vasodilatador. Sua atuação se dá principalmente na musculatura lisa arterial. Vários fatores estão ligados à sua produção, como fatores de coagulação (trombina), agregação plaquetária (ADP, serotonina), histamina, acetilcolina e bradicinina. Quando atua na musculatura lisa, o óxido nítrico estimula a diminuição do cálcio intracelular, levando ao seu relaxamento. No cardiomiócito, acaba reduzindo o inotropismo. Com isso, participa diretamente da regulação do fluxo coronariano e é antagonizado por vasoconstrictores.

Em diabéticos, assim como hipertensos e tabagistas, essa regulação do fluxo coronariano está alterada, principalmente pela redução da vasodilatação mediada pelo óxido nítrico (disfunção endotelial).

Portanto, a resposta incorreta é o item B:

O óxido nítrico têm efeito vasodilatador, mediado por aumento do cálcio intracelular


Comentário por:


BRUNO FERRAZ DE OLIVEIRA GOMES

Médico rotina do Unidade Cardiointensiva do Hospital Barra D'Or

Ecocardiografista do Hospital Barra D'Or

Diretor Administrativo do Departamento de Doença Coronária da SOCERJ

Intensivista no Hospital Federal Cardoso Fontes

Mestrando em Engenharia Biomédica na COPPE/UFRJ

Título de especialista em cardiologia e terapia intensiva

www.drbrunoferraz.com.br

#óxidonítrico

312 visualizações

Questões em Cardiologia Cursos LTDA

CNPJ: 35.622.540/0001-91

Todos direitos reservados