• Bruno Ferraz

Características do pulso venoso jugular


Paciente feminina, 70 anos, dá entrada no pronto-socorro com queixa de tonteira, náuseas e vômitos. ECG de admissão evidenciou bloqueio atrioventricular total. Qual característica do pulso venoso jugular podemos identificar abaixo:

A) Descenso y com queda abrupta

B) Onda v proeminente

C) Ausência de onda a

D )Onda a em canhão

E) Colapso y profundo

RESPOSTA:

Características do pulso venoso jugular:

Onda a: corresponde à sístole atrial. Ocorre imediatamente antes da B1 e antes da ejeção ventricular. Coincide com a onda p do ECG. Onda a gigante: É resultado da contração atrial vigorosa frente à uma pressão diastólica muito aumentada do ventrículo, ou por causa de alguma obstrução à passagem de sangue para o mesmo. Principais causas: hipertrofia VD; Hipertensão pulmonar; trombo AD; estenose tricúspide; estenose pulmonar. Onda a em canhão: Ocorre quando a contração atrial coincide com a valva tricúspide fechada, ou seja, as sístoles atrial e ventricular coincidem. Principal causa: BAVT – onda a em canhão intermitente. Onda a ausente: não há contração efetiva dos átrios. Principal causa: Fibrilação atrial.

Onda c: representa o pulso carotídeo. Aumento da pressão jugular consequente à protusão retrógrada da valva tricúspide pelo aumento da pressão ventricular no início da sístole ventricular.

Descenso x (ou colapso x): é causado pela diástole atrial. Conseqüente à queda da pressão pelo relaxamento do AD e movimentação valvar tricúspide para baixo que ocorre no relaxamento isovolumétrico ventricular. O colapso x pode desaparecer na fibrilação atrial e estar diminuído na insuficiência tricúspide.

Onda v: corresponde ao enchimento atrial. É o aumento pressórico decorrente do enchimento atrial direito na diástole atrial, com a valva tricúspide fechada. Ocorre ao final da sístole ventricular. Se localiza próximo a B2. Onda v aumentada: ocorre quando o AD recebe volume muito grande de sangue durante seu enchimento. Principais causas: insuficiência tricúspide; CIA.

Descenso y (ou colapso y): queda da pressão atrial pela abertura da valva tricúspide e drenagem para VD. Ocorre no momento do enchimento rápido. Diferentemente do colapso x o colapso y é diastólico. Colapso y profundo: doenças que restringem o relaxamento ventricular. Principais causas: pericardite constrictiva; miocardiopatias restritivas. Colapso y diminuído: Essa alteração é consequência de um enchimento ventricular reduzido seja por obstrução valvar, como presente na Estenose tricúspide, ou seja por uma restrição, quase que total, diastólica, presente no tamponamento cardíaco ou hipertrofia importante de VD.

Sinal de Lancisi: descenso y abrupto e onda v proeminente. Sugere disfunção grave do VD.

Portanto, a resposta é o item D: Onda a em canhão


Comentário por:


Nathalia Duarte Camisão

Título de Especialista em Cardiologia - SBC

Rotina da Unidade Cardiointensiva do Hospital Norte D'Or

Plantonista da Unidade Cardiointensiva do Hospital Barra D'Or

Residência Médica em Cardiologia e Clínica Médica

#pulsovenoso #ondaacanhão #ondaagigante

5,181 visualizações

Questões em Cardiologia Cursos LTDA

CNPJ: 35.622.540/0001-91

Todos direitos reservados