• Bruno Ferraz

Quando a pressão arterial deve ser tratada agressivamente?


Sobre as emergências hipertensivas, podemos afirmar:

1- No evento isquêmico agudo cerebral, não se deve administrar anti-hipertensivos a não ser em condições específicas ou com níveis extremamente elevados (PAS > 220mmHg ou PAD > 120mmHg)

2- O nitroprussiato de sódio é o agente hipertensivo parenteral mais indicado na maioria das emergências hipertensivas.

3- A causa de morte mais comum em hipertensos não tratados é doença arterial coronariana.

a) apenas I está correta

b) apenas II está correta

c) apenas III está correta

d) I e II estão corretas

e) todas estão corretas

RESPOSTA:

Emergências hipertensivas abrangem um grande espectro de manifestações clínicas que têm em comum a elevação da pressão arterial levando à lesão de algum órgão. Nesses casos, o tratamento da pressão arterial deve ser agressivo e a pressão deve ser reduzida em minutos a horas.

As manifestações mais comuns são: AVC (24,5%), edema agudo de pulmão (22,5%), encefalopatia hipertensiva (16,3%) e insuficiencia cardíaca descompensada (12%).

A medicação mais utilizada nesses casos é o nitroprussiato de sódio. É um agente de meia-vida curta e de fácil titulação. Cuidado em pacientes com insuficiência renal e hepática pelo risco de intoxicação por tiocianato.

Em pacientes com evento isquemico cerebral, devemos utilizar anti-hipertensivos em situações com PAS > 220mmHg ou PAD > 120mmHg, exceto em situações de uso de fibrinolíticos. Após fibrinólise, o alvo de pressão deve ser PAS < 180mmHg e PAD < 105mmHg. A doença cerebrovascular é a principal causa de morte em pacientes hipertensos.

Portanto, a resposta correta é a letra D: Apenas I e II estão corretas


Postado por:


BRUNO FERRAZ DE OLIVEIRA GOMES

Médico rotina do Unidade Cardiointensiva do Hospital Barra D'Or

Ecocardiografista do Hospital Barra D'Or

Diretor Administrativo do Departamento de Doença Coronária da SOCERJ

Intensivista no Hospital Federal Cardoso Fontes

Mestrando em Engenharia Biomédica na COPPE/UFRJ

Título de especialista em cardiologia e terapia intensiva

www.drbrunoferraz.com.br

#pressãoarterial #crisehipertensiva #emergência

0 visualização