• Bruno Ferraz

Dissecção Aórtica: manifestações clínicas


Em relação às manifestações clínicas da dissecção aórtica, a afirmativa correta é:

A) As mulheres são mais frequentemente afetadas do que os homens.

B) Dor intensa é o sintoma inicial mais comum.

C) Os pacientes com dissecção aórtica geralmente se apresentam com hipotensão.

D) A regurgitação aórtica é encontrada em mais de 90% dos doentes com dissecção aórtica proximal.

E) Os déficits de pulso são mais comuns na dissecção aórtica proximal do que na distal.

Resposta:

A dissecção aórtica é uma condição grave, com elevadas taxas de mortalidade e que deve ser prontamente reconhecida na sala de emergência. Consiste na separação de camadas da parede aórtica, com o fluxo percorrendo a falsa luz, dissecando a mesma no trajeto aórtico podendo levar à interrupção de fluxo em orgãos vitais ou a ruptura vascular. Dissecção aórtica é mais comum em doentes hipertensos, doenças do colágeno, estenose aórtica congênita e valva aórtica bicúspide. Acomete mais negros e homens, com idade em torno de 50-65 anos. Pacientes com Marfan geralmente apresentam dissecção entre 30-40 anos. A mortalidade intra-hospitalar é em torno de 30%. A dissecção tipo A (acomete a aorta ascendente) é mais grave e apresenta mortalidade de 60% em tratamento clínico. A manifestação clínica inicial típica é de dor torácica aguda e de alta intensidade, mas não está presente em todos os casos. Sintomas neurológicos estão presentes em 20% dos casos e estão associados com acometimento carotídeo. Os sintomas variam bastante pois dependem da localização da dissecção. Na apresentação clínica, a hipertensão está relacionada à liberação catecolaminérgica e à hipertensão prévia. A hipotensão é rara e normalmente indica uma situação grave como rotura vascular ou tamponamento. A diferença de pressão arterial maior que 20mmHg em membros superiores podem ajudar o diagnóstico mas estão presentes em apenas 20% dos casos. O déficit de pulso é mais comum na dissecção distal do que na proximal.

Acometimento proximal pode gerar insuficiência aórtica e sintomas relacionadas a esta entidade. Ocorre em 50-65% dos casos de dissecção tipo A.

Portanto, a resposta é a letra B


#dissecçãoaórtica #manifestaçõesclínicas #Marfan

331 visualizações

Questões em Cardiologia Cursos LTDA

CNPJ: 35.622.540/0001-91

Todos direitos reservados